“Lancei minha música nas plataformas de streaming. E agora?”

23/06/2022

Por Eliza Granadeiro

Um lançamento musical digital não termina no momento do lançamento, ou seja, no dia em que as músicas estão de fato nas plataformas de streaming.

Isso significa que o trabalho precisa continuar.

De fato, a etapa do pós-lançamento reúne algumas ações muito importantes e estratégicas que vão trazer respostas de como foi todo o processo daquele lançamento e, mais do que isso, respostas que podem servir como direcionamentos para lançamentos futuros.

Uma das ações que devem acontecer no pós-lançamento é a comunicação. O que significa que você precisa continuar divulgando sobre a sua música depois que ela estiver disponível nas plataformas. Na verdade, se a gente parar pra pensar, o pós-lançamento deveria ser o principal momento pra fazer a divulgação pelo simples fato de que a música já pode ser acessada.

Veja só: quando você divulga sobre o seu próximo lançamento, está falando de um produto que ainda não pode ser acessado. Então, é como se você estivesse criando uma expectativa nos seus públicos. Você fala do processo de composição, de seleção de repertório, de gravação, conta a história da música, fala dos profissionais envolvidos, dos produtos associados ao lançamento e por aí vai.

Mas, a partir do dia que o lançamento está disponível, você já tem a música em si para mostrar para as pessoas. Não é mais a comunicação de algo que vai acontecer. É a comunicação de algo que já pode ser apreciado. E isso faz muita diferença, especialmente, para os seus públicos que não precisam mais esperar até o dia tal para ouvirem sua música e podem, simplesmente, clicar no link que você vai disponibilizar.

Por isso, é extremamente, importante que na hora de montar o plano de comunicação do seu lançamento, assunto do nosso último artigo, você divida os temas e as ações considerando também o período do pós-lançamento.

Pois bem, acima eu disse que o pós-lançamento vai trazer algumas respostas de como foi todo o processo. Isso acontece por meio de métricas. Nesse nosso mundo digital, as plataformas de streaming e os canais digitais de comunicação rastreiam todas as ações realizadas em seus espaços e nos dão um panorama dessas ações. Esse panorama serve pra gente saber, especialmente, quem são as pessoas que estão fazendo tais ações.

Plataformas como Spotify e Deezer vão reunir, em espaços próprios chamados de Spotify for Artists e Deezer for Creators, informações valiosas do seu lançamento como:

  • gênero das pessoas que estão te ouvindo;
  • idade dessas pessoas;
  • em que país e cidade elas moram;
  • por quais dispositivos (como celular ou computador) elas estão te ouvindo;
  • % de pessoas que são assinantes dos planos ou estão com contas gratuitas.

Canais como Instagram, Facebook e Youtube também vão reunir e mostrar dados do público como:

  • gênero das pessoas que estão acessando seus conteúdos;
  • idade dessas pessoas;
  • em que país e cidade elas moram;
  • que tipos de conteúdos mais geraram interação;
  • que tipos de interação (como curtidas, comentários, salvamentos) foram geradas.

Trocando em miúdos, essas informações representam um verdadeiro ouro pra sua carreira na música. Pensa só, por meio delas, você começa a desenhar um quadro das pessoas que estão consumindo sua música. Você vai descobrir quem são os seus públicos!!

Então, analisar com bastante atenção todas essas métricas é, possivelmente, a ação mais estratégica que precisa ser feita na etapa do pós-lançamento.

E por que esses dados são tão importantes assim?

Porque a partir do momento que você conhece as faixas de público que acompanham o seu trabalho e acessam a sua música, você vai conseguir se comunicar melhor com essas pessoas e pensar em ações que podem ser feitas para fortalecer essa relação como:

  • criação de conteúdos específicos nos canais;
  • criação de campanhas de anúncios direcionadas para esses públicos;
  • ações de promoções variadas como envio de brindes, sorteios de produtos, ingressos do seu lançamento;
  • e até mesmo a realização de alguma ação específica como um workshop, um bate-papo, um pocket show direcionado para uma das faixas desse seu público.

Em resumo, analisar bem essas métricas vai ser importante por dois grandes motivos:

  1. pra você descobrir como foi a sua estratégia de lançamento. Por exemplo: era a sua intenção atingir essas faixas de público que estão aparecendo nas métricas agora?
  2. com esses dados em mãos e todo o conhecimento que eles representam, você vai poder estruturar de forma mais certeira os seus próximos lançamentos musicais digitais.

Eu disse que essas informações eram um verdadeiro ouro, não disse?


Por agora, a conversa continua lá no meu instagram. Te vejo por lá.