O que é preciso pra começar um lançamento musical digital

19/05/2022

Por Eliza Granadeiro

A primeira coisa que você precisa fazer pra lançar suas músicas nas plataformas de streaming é, literalmente, começar a pensar como vai ser esse lançamento. E dar os primeiros passos para que ele aconteça da melhor forma.

A pré-produção é a primeira etapa de um lançamento musical digital e é nesta fase que são tomadas algumas das decisões que vão definir a cara deste lançamento.

Pré-produzir significa planejar. Ou seja, antes de sair fazendo as coisas, colocando as mãos nos instrumentos, partituras e cifras, você precisa parar pra planejar o que você vai fazer e como vai fazer.

Algumas das ações mais importantes da pré-produção são:

1: definir o repertório que vai ser gravado.

Em relação ao repertório, existem duas grandes possibilidades: 1) a música pode ser de sua autoria ou 2) ela pode ser de outro artista.

Se for autoral, as suas ações serão mais internas, digamos assim, e você vai se preocupar com coisas como:

  • revisar/finalizar as composições;
  • dar (ou confirmar) os nomes;
  • fazer/adaptar arranjos;
  • elaborar/finalizar partituras/cifras.

Agora, se a música for de outro artista, você terá, basicamente, dois caminhos a seguir:

1: verificar se esta composição está em domínio público. Se estiver, o uso dela para regravações está liberado e você não precisará pagar por isso. Para conhecer sobre domínio público, veja este link.

2: se ela não estiver em domínio público, é preciso verificar quem é a pessoa ou a editora que detém os direitos dela. A partir disso, é preciso entrar em contato com essa detentora para saber do valor que precisará ser pago, solicitar autorização para gravar e pagar esta liberação de uso.

Um jeito de saber quem detém os direitos de uma composição é procurar sites de grandes editoras como a Irmãos Vitalle. Ou ainda perguntar para uma empresa distribuidora, como a Tratore.

 

2: decidir quem serão os profissionais que vão fazer parte desse lançamento.

Uma vez que o repertório está resolvido, é preciso decidir quem serão os variados profissionais, empresas e musicistas que vão fazer parte do seu lançamento. Isso inclui pesquisar os profissionais que vão entregar os serviços/resultados que precisa de acordo com o que você está disposto a pagar.

Então, além de encontrar quem pode realizar os serviços, é importante que você confirme todos os orçamentos com:

  • os musicistas que vão gravar cada faixa;
  • o estúdio de ensaios e de gravação;
  • o engenheiro de mixagem e masterização;
  • o designer para as artes de capa e de divulgação/conteúdo;
  • a empresa distribuidora.

Essas são algumas das definições que você precisa tomar na etapa da pré-produção do lançamento. Como eu falei, elas são muito estratégicas porque elas, literalmente, vão dar a cara do lançamento.

Pensa só em como o seu lançamento musical digital vai ser impactado por situações como estas:

  1. se estiver pensando em gravar uma música de autoria de terceiros mas, na hora da pesquisa, descobrir que não tem dinheiro pra pagar a liberação de uso;
  2. ou ainda, se não conseguir confirmar a autoria das músicas para solicitar a liberação de uso;
  3. se algum musicista fundamental pra sua gravação não tiver disponibilidade pra gravar na data que precisa;
  4. se o estúdio de gravação que pode pagar não tiver os equipamentos necessários para as músicas que vai gravar;
  5. se o engenheiro de mixagem/masterização não tiver experiência no tipo de música que você vai lançar;
  6. se o designer não conseguir cumprir a entrega dos materiais dentro do prazo que você precisa.

Essas situações podem parecer um pouco exageradas mas, de fato, elas não são. E um dos jeitos que você tem de evitar que elas (e outras) aconteçam é, exatamente, fazendo uma boa pré-produção para planejar com antecedência, pesquisar, analisar, rever e confirmar tudo o que precisa ser feito para o seu lançamento musical digital.

No próximo artigo, falo da etapa seguinte: a produção.

Vamos juntos.


A nossa conversa continua lá no meu instagram. Te vejo por lá.