[5] Talvez exista uma coisa que faça o seu planejamento dar certo

07/04/2022

Por Eliza Granadeiro

Muita gente acha que não adianta fazer um planejamento de carreira porque não dá pra controlar todas as coisas que acontecem. E a partir de 2020, muito mais gente ainda vai achar isso e usar a pandemia como exemplo pra não se planejar.

Nós, realmente, não controlamos tudo o que acontece na vida. Mas, isso é desde sempre! A pandemia virou só um exemplo que escancarou isso.

Mas, daí dizer que não vale a pena, que não adianta fazer um planejamento, é outra história.

É exatamente porque a vida muda sempre e acontecem coisas que não previmos antes e nem controlamos que precisamos nos planejar. Se você sempre for levado pelas coisas que acontecem externamente, sem parar pra planejar como quer viver, você sempre vai ser levado pelas coisas que acontecem externamente.

Trocando em miúdos é dizer: se você não decidir que tipo de carreira quer ter, outras pessoas vão decidir por você. Tão simples quanto cruel.

Um exemplo: quando você não se movimenta pra construir a carreira que quer e fica esperando que outros artistas e profissionais te chamem pra participar de um show, pra integrar a equipe de um projeto cultural, de um evento, o que está acontecendo é que outras pessoas estão decidindo o que acontece na sua carreira e não você.

Este é o último artigo desta série sobre como montar um planejamento de carreira simples e eficiente e, como estamos vendo, a vida é instável, né? Muda o tempo todo, coisas não previstas acontecem sempre.

Já que é assim, então, você pod perguntar: como um planejamento pode dar certo? Se eu planejei e aconteceram coisas que eu não previ, o planejamento não serviu de nada, não é mesmo?

Não, não é bem assim. Talvez exista um segredo pro seu planejamento dar certo e ele se chama revisão. Ou seja, você precisa adaptar o que planejou à medida que o tempo vai passando.

Isso é importante porque quando planejamos, estamos fazendo uma projeção para o futuro. Então, à medida que esse futuro vai se aproximando e coisas que não imaginamos lá atrás começam a acontecer (simplesmente porque não dá pra prever), é preciso adaptar.

Não é abandonar o planejamento. É revisar e adaptar.

O seu planejamento de carreira é uma ferramenta de trabalho. E já que é uma ferramenta, ele precisa estar à mão sempre. Por isso, as revisões dele devem ser periódicas, ter datas específicas para serem feitas.

Pensando em um planejamento que dure um ano inteiro, uma boa média é revisar a cada três meses.

Essa revisão é um re-olhar as coisas que você planejou com a cabeça do momento presente. E é isso que faz com que você volte pros trilhos e faça o que precisa ser feito pra atingir seus objetivos profissionais. Faz sentido pra você?