O texto mais realista que você vai ler hoje

13/01/2022

Por Eliza Granadeiro

Você precisa sonhar.

Sim, precisa.

Pra sua vida ter sentido, pra você ter tesão de viver a sua vida, você precisa sonhar.

Na verdade, o que eu estou te falando é que você precisa se permitir sonhar.

À medida que o tempo passa e ficamos mais adultos, com mais responsabilidades, temos a tendência de achar que não podemos, não devemos, é arriscado demais, é muita loucura, é quase irresponsabilidade sonhar.

A gente olha pras coisas que quer fazer e o nosso cérebro que, teoricamente, deve nos proteger do perigo, fica nos  lembrando/alertando de todas as dificuldades que vamos enfrentar ao colocar aquele sonho em prática.

Precisamos inverter esse pensamento. Não seria muito mais realista se você se concentrasse em todas as alegrias e prazeres que vai ter ao realizar o que deseja? Afinal de contas, você sonha pensando em felicidade.

É resgatar o lado criança pra achar que sim, é possível, que vai ser bom, que você vai ser feliz e vai ficar satisfeito com a realização do que sonha.

Se você está me lendo e pensando que é um pouco (ou muito) de alienação falar de sonhos em pleno 2022, ano que traz tantas e complexas questões sociais, políticas, ambientais, eu te digo que não.

Sonhar é sobrevivência.

O dia que você parar de sonhar, o dia que você achar que não pode ou não deve viver os sonhos que tem, sua vida vai ficar insuportável. Vai perder o sentido.

O que nos move, em maior ou menor escala, é o desejo de viver no futuro tudo aquilo que estamos sonhando agora.

Meu primeiro desejo pra você em 2022 é esse: se permita sonhar. O que vai acontecer em seguida vai ser fruto disso.